Portes Grátis para compras acima de 49€ | Envios em 24-48h | Pagamentos por Multibanco ou à Cobrança



Terceiro Trimestre de Gravidez: O Que Esperar

O terceiro trimestre de gravidez pode ser cansativo e desconfortável. Aqui estão algumas sugestões para aliviar os sintomas - e ansiedade - à medida que o parto se aproxima.

 

gravida terceiro trimestre azia

 

O terceiro trimestre da gravidez pode ser física e emocionalmente desafiador. O tamanho e a posição do bebé podem ser muito desconfortáveis para si. Pode sentir-se já cansada da gravidez e ansiosa para passar para a próxima fase. 

Tente permanecer positiva enquanto espera pelo final da sua gravidez. Em breve vai segurar o bebé nos seus braços! Aqui está o que esperar neste meio tempo.

O seu corpo

Conforme o bebé cresce, os seus movimentos dele irão notar-se mais. Estas sensações excitantes são frequentemente acompanhadas por um aumento do desconforto, outros sinais e sintomas, incluindo:

  • Contrações de Braxton Hicks. Pode sentir umas ligeiras contrações no abdómen. São mais propensas a ocorrer à tarde ou à noite, após a atividade física ou após o sexo. Estas contrações também tendem a ocorrer com mais frequência e tornam-se mais fortes à medida que se aproxima da data de parto. Entre em contacto com o seu médico se as contrações se tornarem dolorosas ou regulares.

  • Dores nas costas. Os hormónios da gravidez relaxam o tecido conjuntivo que mantém os ossos no lugar, especialmente na região pélvica. Estas mudanças podem ser difíceis para as suas costas, e muitas vezes resultam em desconforto durante o terceiro trimestre. Quando estiver sentada, escolha cadeiras com bom suporte para as costas. Também pode aplicar uma almofada de aquecimento ou bolsa de gelo na área dorida. Faça exercícios regulares e faça alongamentos no final. Use sapatos de salto baixo - mas não planos - com bom suporte de arco. Se a dor nas costas não desaparecer ou for acompanhada por outros sinais e sintomas, entre em contacto com o seu médico.

  • Falta de ar. É usual ficar sem fôlego facilmente. O bebé ocupa muito espaço e toca nos pulmões. Mantenha-se com as costas direitas e com uma boa postura para dar mais espaço aos seus pulmões.

  • Azia. Os hormónios da gravidez que relaxam a válvula entre o estômago e o esófago podem permitir que o ácido estomacal reflua para o esófago, causando azia. Para evitar azia, faça pequenas refeições frequentes e evite alimentos fritos e condimentados, frutas cítricas e chocolate.

  • Veias, varizes e hemorroidas. O aumento da circulação sanguínea pode causar pequenas veias vermelhas, conhecidas como veias de aranha, a aparecer no seu rosto, pescoço e braços. Também pode notar veias retorcidas e dilatadas (veias varicosas) nas pernas. Veias varicosas dolorosas e com comichão na área retal (hemorroidas) são outra possibilidade. Se tem varizes dolorosas, exercite-se e eleve as pernas com frequência. Para evitar hemorroidas, inclua muita fibra na sua alimentação e beba muitos líquidos. Para aliviar a dor das hemorroidas, mergulhe em água morna.

  • Micção frequente. Na altura em que o seu bebé começa a afundar-se sobre a sua pélvis, irá sentir mais pressão na bexiga. Irá ter vontade de urinar mais vezes. Esta pressão extra também pode causar a perda de urina - especialmente quando você ri, tosse, espirra, se dobra ou se levanta. Se isso for um problema, considere o uso de pensos higiénicos. Se julgar que pode estar a vazar líquido amniótico, entre em contacto com o seu médico.

 

As suas emoções

À medida que a expectativa cresce, o medo do parto pode aumentar. Vai doer? Quanto tempo vai durar? Como vou lidar? Se você ainda não o fez, considere fazer aulas de preparação para o parto. Aprenderá o que esperar - e conhecerá outras pessoas que compartilham as mesmas expetativas e preocupações. Converse com outras pessoas que tiveram experiências de parto positivas e pergunte ao seu médico sobre opções para o alívio da dor.

A proximidade da maternidade pode começar a pô-la ansiosa também, especialmente se este for o seu primeiro filho. Para manter a calma e tranquilidade planifique tudo com antecedência. Se for amamentar, deve desde já comprar bons sutiãs de amamentação e bombas de extracção.

Os cuidados pré-natais

Durante o terceiro trimestre, o seu médico poderá pedir-lhe para fazer exames mais frequentes - talvez a cada duas semanas a partir da semana 28 e todas as semanas a partir da semana 36.

Como nas visitas anteriores, o médico irá verificar o peso e tensão arterial e perguntar sobre quaisquer sinais ou sintomas que possa estar a sentir. Também poderá realizar exames de triagem para várias condições, incluindo:

  • Diabetes gestacional. Este é um tipo de diabetes que às vezes se desenvolve durante a gravidez. O tratamento imediato e as escolhas saudáveis ​​de estilo de vida podem ajudá-la a gerir o nível de açúcar no sangue de modo que o bebé se mantenha saudável.

  • Anemia. A anemia por deficiência de ferro ocorre quando não existem glóbulos vermelhos suficientes para transportar o oxigênio adequado aos tecidos do corpo. A anemia pode fazer com que se sinta muito cansada. Para tratar a anemia, talvez precise de suplementos de ferro (siga sempre o conselho médico e não se ponha a inventar) e ter uma alimentação ainda mais rica em ferro.

O médico também irá verificar o tamanho e a frequência cardíaca do bebé bem como os movimentos e posição do mesmo.

À medida que a data do parto se aproxima, faça todas as perguntas e tire todas as dúvidas. Saber o que esperar irá ajudá-la a ter uma experiência de parto mais positiva e controlada emotivamente.

 

  • Etiquetas: 1, 5