Portes Grátis para compras acima de 49€ | Envios em 24-48h | Pagamentos por Multibanco ou à Cobrança



Segundo Trimestre de Gravidez: O Que Esperar

O segundo trimestre da gravidez é muitas vezes o mais agradável. Descubra como aliviar os sintomas comuns - e considere maneiras de se preparar para o que vem pela frente.

 

 

O segundo trimestre de gravidez muitas vezes traz uma sensação renovada de bem-estar. O pior da náusea já passou, e o bebé ainda não cresceu o suficiente para causar desconfortos de volume e peso. Contudo, este trimestre tem características próprias. Aqui está o que esperar.

O seu corpo durante a gravidez

Durante o segundo trimestre de gravidez, podem ocorrer mudanças físicas, incluindo:

  • Aumendo do abdómen e seio. À medida que o seu útero se expande para dar lugar ao bebé, o seu abdómen cresce. Os seios também irão gradualmente aumentar de tamanho. Um sutiã de apoio com alças largas é obrigatório.

  • Contrações de Braxton Hicks. Pode sentir essas leves contracções no abdómen. São mais propensos a ocorrer com a atividade, inclusive após a atividade física ou após o sexo. Entre em contato com o seu médico se as contrações se tornarem dolorosas ou regulares. Isso poderá ser um sinal de parto prematuro.

  • Alterações na pele. As alterações hormonais durante a gravidez estimulam o aumento das células portadoras de pigmento (melanina) na pele. Como resultado, pode notar manchas no rosto (melasma). Também pode ver uma linha escura no abdómen (linea nigra). Essas alterações na pele são comuns e geralmente desaparecem após o parto. A exposição ao sol, no entanto, pode agravar o problema. Quando estiver ao ar livre, use protetor solar. Também pode notar linhas avermelhadas ao longo do abdómen, seios, nádegas ou coxas (estrias). Embora as estrias não possam ser evitadas, a maioria enfraquece em intensidade. Use muito hidratante. Ajuda no elastecimento da pele, evita estrias e a acalma a comichão.

  • Problemas nasais. Durante a gravidez, os níveis hormonais aumentam e o corpo produz mais sangue. Isso pode fazer com que as membranas mucosas inchem e sangrem facilmente, resultando em obstrução e hemorragias nasais. As gotas salinas ou uma solução salina podem ajudar a aliviar o congestionamento. Além disso, beba muitos líquidos, use um humidificador e espalhe vaselina nas bordas das narinas para ajudar a humedecer a pele.

  • Problemas dentários. A gravidez pode fazer com que as gengivas fiquem mais sensíveis ao uso do fio dental e à escovação, resultando em algum sangramento. Enxaguar com água salgada e mudar para uma escova de dentes mais macia pode diminuir a irritação. O vómito frequente também pode afetar o esmalte dos dentes e torná-lo mais suscetível a cáries. Mantenha idas aos dentista durante a gravidez para uma melhor manutenção.

  • Tonturas. A gravidez provoca alterações na circulação que podem deixá-la tonta. Se estiver com problemas de tontura, beba muitos líquidos, evite ficar em pé por longos períodos e mova-se devagar ao levantar-se ou mudar de posição. Quando se sentir tonta, deite-se de lado.

  • Cãibras nas pernas. Cãibras nas pernas são comuns à medida que a gravidez avança, especialmente à noite. De modo a preveni-las, alongue os músculos das pernas antes de dormir, mantenha-se fisicamente ativa e beba bastantes líquidos. Escolha calçado muito confortável e com bom suporte. Se ocorrer uma cãibra nas pernas, alongue o músculo dos gémeos. Uma massagem muscular também pode ajudar.

  • Corrimento vaginal. Pode notar um corrimento vaginal pegajoso, transparente ou branco. Isto é normal. Entre em contato com o seu médico se a secreção se tornar forte, de cor incomum ou acompanhada de dor ou comichão na área vaginal. Estes sintomas podem indicar uma infecção vaginal.

  • Infecções do trato urinário. Estas infecções são mais comuns durante a gravidez. Entre em contato com o seu médico se tiver dor ao urinar ou febre ou dor nas costas. Se não forem tratadas, as infecções do trato urinário podem tornar-se graves e originar infecções nos rins.

 

As emoções na gravidez

Durante o segundo trimestre, é provável que se sinta menos cansada e mais preparada para a chegada do bebé. Frequente aulas de preparação para o parto. Escolha um pediatra para o bebé. Leia sobre amamentação. Informe-se sobre os seus direitos de licença de maternidade e avise atempadamente a entidade patronal. Decida sobre o que fazer quando retornar ao emprego, quem cuidará do bebé, etc.

 

Deve aprender tudo sobre o parto, o pós-parto, os cuidados ao bebé, de modo a ficar tranquila para o que vem e diminuir a sua ansiedade. Concentre-se em fazer escolhas de estilo de vida saudável para que o seu bebé inicie a sua vida o melhor possível.

 

Cuidados pré-natais

Durante o segundo trimestre, as consultas de pré-natal se concentrarão no crescimento do bebé e na detecção de qualquer problema de saúde. O seu médico começará a verificar o seu peso e pressão sanguínea. Também deverá  medir o tamanho do útero verificando a altura do fundo - a distância do osso púbico até o topo do útero.

Nesta fase, o ponto alto das consultas pré-natais será ouvir os batimentos cardíacos do bebé. O médico pode sugerir uma ecografia ou outros exames de triagem. Neste momento também ficará a saber o sexo do bebé.

Certifique-se de mencionar quaisquer sinais ou sintomas que sinta no seu corpo. Conversar com o seu médico irá proporcionar-lhe tranquilidade sobre inúmeras questões.

  • Etiquetas: 5